Último ato: o que a Argentina precisa para não ficar de fora da Copa da Rússia em 2018

Saiba o que a albiceleste necessita para jogar o mundial de seleções na Rússia

Os argentinos desperdiçaram chances claras de gols em suas últimas partidas e deixaram a decisão de ir ao mundial da Rússia para a última rodada

Messi tentou de tudo. Sampaoli usou todas as peças que podia para fazer a seleção render um bom futebol e mostrar que evoluiu em seu futebol. A AFA mudou até o local dos jogos como mandante, mas nada disso foi suficiente para os argentinos conseguiram o resultado positivo que era esperado por todo país e a Copa do Mundo da Rússia em 2018 vai ficando cada vez mais distante para os hermanos.

A albiceleste não vence há 4 jogos, a última vitória foi diante do Chile, um de seus adversários diretos pela vaga na Copa.

Sampaoli mudou o estilo de jogo da equipe, mas ainda não conseguiu vencer pela Argentina

Nessas 4 partidas de jejum em triunfos o time de Sampaoli marcou apenas um gol, e ainda foi anotado por um adversário. O venezuelano Feltscher marcou um gol contra no empate contra os hermanos no Monumental.

Tudo isso, aliado a uma desorganização no comando da AFA – que gerou 3 trocas de treinadores  durante a campanha – e um péssimo início nas eliminatórias geraram uma bola de neve que pode tirar os argentinos da próxima Copa do Mundo.

O que a Argentina precisa para ir ao mundial

Na última rodada, a seleção dirigida por Sampaoli enfrentará, como visitante, o Equador – que já está eliminado- em Quito.

A Argentina depende apenas de si para conseguir uma das três vagas restantes. Em caso de vitória simples os argentinos passarão ao mundial.

A eliminatória sul-americana se encontra tão equilibrada que 6 seleções disputam as 3 vagas  restantes. Até agora apenas o Brasil garantiu seu lugar na Rússia 2018.

Messi, mais uma vez, não conseguiu marcar e sofreu junto com os torcedores

Em caso de vitória Argentina

A vitória contra o Equador garante aos argentinos ao menos o quinto lugar. Nesse caso a seleção enfrentaria a Nova Zelândia, na repescagem da Copa do Mundo.

O resultado ainda pode garantir os argentinos no Mundial. Para isso, precisa que ao menos uma dessas combinações aconteça: Chile empatar ou perder para o Brasil. Peru e Colômbia empatarem. Peru vence a Colômbia, mas por um saldo menor que o da Argentina contra o Equador.

Em caso de empate

O empate levaria os argentinos aos 26 pontos o que garantiria, no máximo, uma vaga na repescagem. Nesse cenário, precisa que dois resultados de três possíveis aconteçam: Peru perder para a Colômbia. Paraguai não vencer a Venezuela. Chile perder por mais de um gol para o Brasil.

Em caso de derrota

Esse é sem dúvidas o pior pesadelo dos argentinos. Se perder para o Equador a equipe albiceleste pode ficar na quinta colocação, mas para isso, precisa de outros dois resultados combinados: derrota do Peru por maior diferença de gols do que o seu próprio revés e um empate ou derrota do Paraguai diante da Venezuela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *