#42: As maiores goleadas da história das Copas do Mundo

Saiba um pouco sobre as humilhações sofridas nos Mundiais

Na história das 20 edições da Copa, entre 1930 e 2014, foram registradas 35 goleadas com a diferença de pelo menos cinco gols, em 836 jogos disputados.

O placar mais elevado em Copas do Mundo foi de nove gols de diferença, três vezes, mas nenhuma delas envolveu o Brasil, a única seleção pentacampeã do mundo e, também, que participou de todas as Copas.

Uma das partidas mais chocantes da história, o 7 a 1 aplicado pela Alemanha em cima da Seleção Brasileira não fica entre as dez maiores. Lembre-se duas coisas: o Brasil já ganhou de 7 a 1 numa Copa, em cima da Suécia em 1950 e a Alemanha já perdeu de 8 a 3, para a Hungria, em 1954. A goleada do 7 a 1 da Alemanha em cima do Brasil está apenas em 11º lugar.

Em 20 edições, a Copa do Mundo tem oito campeões: Brasil, Itália, Alemanha, Argentina, Uruguai, Inglaterra, França e Espanha. Desse seleto grupo, apenas França, Inglaterra e Itália nunca perderam por cinco gols de diferença ou mais em Copa do Mundo. Mas cinco dessas seleções já levaram goleadas com pelo menos cinco gols de diferença: Espanha, Alemanha, Argentina, Uruguai e Brasil.

A Espanha, atual campeã, levou 6 a 1 do Brasil na Copa de 1950; a Alemanha foi goleada por 8 a 3 pela Hungria, em 1954, na Suíça; a Argentina sofreu sua maior goleada em Copas do Mundo, em 1958, na Suécia, quando perdeu para a Tchecoslováquia por 6 a 1; e o Uruguai foi goleado pela Dinamarca, na Copa do México, em 1986, por 6 a 1. Em casa, a Seleção Brasileira sofreu seu maior revés da história, um 7 a 1 humilhante.

AS MAIORES HUMILHAÇÕES

  • Hungria 10×1 El Salvador, em 1982.
  • Hungria 9×0 Coreia do Sul, em 1954.
  • Iugoslávia 9×0 Zaire, em 1974.
  • Alemanha 8×0 Arábia Saudita, em 2002.
  • Suécia 8×0 Cuba, em 1938.
  • Uruguai 8×0 Bolívia, em 1950.
  • Polônia 7×0 Haiti, em 1974.
  • Portugal 7×0 Coreia do Norte, em 2010.
  • Turquia 7×0 Coreia do Sul, em 1954.
  • Uruguai 7×0 Escócia, em 1954.
  • Brasil 7×1 Suécia, em 1950.
  • Itália 7×1 Estados Unidos, em 1934.
  • Alemanha 7×1 Brasil, em 2014.

1 – Hungria 10 x 1 El Salvador – 1982

Reprodução/Dailymail

O jogo contra El Salvador aconteceu no primeiro jogo da primeira fase e acabou com o placar de 10 a 1. Por outro lado, o gol da equipe salvadorenha precisa ser muito comemorado, afinal foi o único feito pela seleção nas duas participações em Copas do Mundo. No Nuevo Estadio, em Elche, com arbitragem de Ebrahim Al Doy (do Bahrein), a Hungria aplicou a maior goleada da história das Copas: 10 a 1 sobre El Salvador.

 

2 –  Iugoslávia 9 x 0 Zaire (1974)

Reprodução/Dailymail

No segundo jogo da primeira fase a Iugoslávia chegou ao incrível placar de 9 a 0 e entrou para a história da competição.

 

3 – Hungria 9 x 0 Coreia do Sul (1954)

A seleção da Hungria de 1954 fez história, mas não conquistou o título

O esquadrão húngaro era um dos favoritos as título na Copa do Mundo de 1954. O time que contava com Puskas, Kocsis e Czibor, ficou conhecido como a “máquina de fazer gols”. Foram 27 gols em apenas 5 jogos, uma média de 5,4 por partida.

A maior goleada foi contra a Coréia do Sul, um sonoro 9 a 0.

4 – Alemanha 8 x 0 Arábia Saudita (2002)

Dos 16 gols de Klose na Copa do Mundo, três foram marcados nesse jogo. A Alemanha não teve dó da Arábia Saudita e aplicou um das maiores goleadas da história.

 

5 -Uruguai 8 x 0 Bolívia (1950)

A campanha do bicampeonato do Uraguai na Copa de 1950 começou com tudo logo na primeira fase o time ganhou de 8 a 0 da Bolívia.

 

6 – Suécia 8 x 0 Cuba (1938)

Reprodução/Joe Towner

A seleção cubana não começou mal, chegando a passar da fase de grupos e ganhando o primeiro jogo da competição para um país da América Central. Porém, nas quartas de final perdeu para a Suécia com o placar elástico de 8 a 0.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *