#30: O histórico confrontos entre Alemanhas na Copa do Mundo da Alemanha em 1974

Após a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha derrotada foi dividida em dois. De um lado o Federal, o do Ocidente, com a benção dos aliados vitoriosos Estados Unidos, Grã-Bretanha e França. Do outro lado, o democrata, com o vento da URSS soprando em seu terreno. Ambos com um muro no meio.

Quanto ao futebol, a Alemanha Ocidental foi a mais constante em questões de Copa do Mundo. Chegava ao torneio, disputado em solo alemão com figuras lendárias como Franz Beckenbauer, Sepp Maier e Gerd Müller. Oito anos antes, haviam disputado e perdido a final contra a Inglaterra e no México 70 chegou às semifinais, onde participou de ‘jogo do século’ contra a Itália.

A Alemanha Oriental chegou a sua primeira Copa do Mundo, o jogo certamente gerava grande entusiasmo: era o confronto entre o irmão rico contra o pobre, os poderosos contra os fracos.

A Segunda Guerra Mundial também refletiu no futebol.

Mas, como sempre acontece, surpresas ocorrem nesses tipos de histórias.

Ambas as equipes dividiram o Grupo 1 da Copa do Mundo. Nos seus dois primeiros jogos, a Alemanha Ocidental conquistou duas vitórias: 1 a 0 contra o Chile e 3 a 0 contra a Austrália. A Alemanha Oriental chegou com uma vitória de 2 a 0 sobre a Austrália e um gol de empate com o Chile.

22 de junho de 1974 foi o dia marcado para a nação dividida para enfrentar em Hamburgo

No Volksparkstadion, diante de 60.350 espectadores, de acordo com os registros do partida, onde aproximadamente 1.500 eram alemães orientais.

O jogo chamou mais a atenção para o fato do confronto do que o futebol que foi apresentado em campo. Quase todo o confronto foi cercado por respeito entre as duas seleções, ao ponto disso se refletir em um empate chato sem gols durante boa parte do jogo.

Aos 77 minutos, o goleiro da Alemanha Oriental,Jürgen Croy, saiu jogando pela direita com Erich Hamann, que carregou a bola até o campo adversário e lançou Jürgen Sparwasser, que entre três adversários controlou a bola e bateu firme para o gol. O lance decretou a histórica vitória da Alemanha Oriental.

Ambas as equipes avançaram para a segunda fase,mas significou um ponto de virada em termos da separação da nação que perdeu a Segunda Guerra Mundial. A Alemanha Ocidental sagrou-se campeã daquela edição. Jürgen Sparwasser declarou à época: “Se na minha lápide eles escreverem apenas ‘Hamburgo 74’, as pessoas saberão quem está lá embaixo.”

Quinze anos depois, em 9 de novembro de 1989, a queda do Muro de Berlim deu lugar à Alemanha unificada. Das memórias das duas Alemanhas ficaram histórias de dor, de famílias separadas por uma parede e à distância, a do jogo de 1974.

Faltam 30 dias para a Copa da Rússia 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *