Luxemburgo pode mudar o Vasco?

Sem bons trabalhos nos últimos clubes, ‘Luxa’ chega desprestigiado ao clube carioca

 

Ele está de volta, Vanderlei Luxemburgo volta a comandar um clube depois de exatos 2 anos, 5 meses e 12 dias após a saída do Sport Clube do Recife.

A chegada de Luxemburgo no Vasco gera dúvidas sobre o seu desempenho na beira do gramado carioca.

‘Luxa’, como é carinhosamente chamado,  durante esse tempo desempregado esteve envolvido em algumas polêmicas quando o seu nome era visto como de um treinador já ultrapassado, e ele sempre rebatia de uma forma que deixava a dúvida se ele realmente estaria apto a trabalhar em grande nível novamente, ou se era muito mais um personagem criado pelo treinador.

É inegável a história de Luxemburgo no futebol, títulos desde o início da carreira com o Bragantino até chegar ao seu auge em grandes clubes como: Palmeiras, Corinthians, Cruzeiro e Santos, sendo campeão de grandes competições por esses clubes e chegando a seleção.

Seus feitos são sempre citados, seus recentes fracassos são sempre lembrados, mas a dúvida que paira sobre a cabeça de todos é a seguinte: qual “pojeto” sera encabeçado pelo treinador? No Sport, até teve um bom início, mas despencou com alguns pensamentos retrógrados. Taticamente ainda muito bom, Luxa pode organizar o Vasco dentro das quatro linhas e colocar o clube em outro patamar apesar das limitações técnicas e financeiras.

Uma análise sobre toda a situação nos traz um ponto que pode ser produtivo para o cruz-maltino. Com sua experiência, Luxemburgo pode ser muito importante na gestão de grupo e no vestiário, trazendo assim um ânimo aos atletas experientes que não estavam rendendo o esperado e recuperar alguns nomes, como Bruno César e Maxi Lopez.

Outro ponto positivo para o treinador é que o mesmo pode influenciar na vinda de algum atleta mesmo com o descrédito do Vasco no mercado.

Já os contras podem ser existentes também na chegada do treinador, os últimos trabalhos de Luxemburgo não deixaram tanta saudade nos clubes por onde ele passou, e talvez chegar a um clube com a pressão que a torcida está sobre os jogadores e com os resultados ruins obtidos dentro de campo, será que Luxemburgo estará pronto para ter como reverter a situação?
Impossível não levantar essas dúvidas, será que o clube carioca e sua torcida darão tempo suficiente para o treinador desempenhar seu trabalho? E outra e talvez a tecla mais batida nos últimos anos, será que Luxemburgo buscou evolução nesse tempo parado, se reciclou? Ou será que deixará ainda mais forte o coro de que o treinador está ultrapassado?

Fica a dúvida, e para o amante do futebol creio que fica a torcida para que Luxa volte a trabalhar em alto nível, sua personalidade faz bem ao futebol brasileiro.

Se dará certo só o tempo dirá, o certo é que teremos entrevistas polêmicas e mais uma figura importante no banco de reservas por onde o Vasco atuar.

Para o momento vascaíno, Thiago Larghi e Barbieri sofreriam ainda mais, além de não ter as costas largas para uma eventual sequência negativa, Jorge Jesus cairia de paraquedas em uma realidade totalmente diferente e sofreria com a adaptação, coisa que o clube não tem tempo, e se fosse para escolher o Dunga, o Vasco ficou em boas mãos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *