Messi e Cristiano superam Pelé?

Messi e Cristiano Ronaldo são unanimidade por muitos, como maiores atletas do futebol de todos os tempos. Uma afirmativa polêmica tendo em vista os grandes craques do futebol mundial que fizeram história em décadas passadas. Ambos há mais de uma década com inúmeros recordes, taças, gols decisivos, jogadas geniais, premiações individuais, hoje são referência inegavelmente.

Conhecendo a história no futebol dos craques

O português Cristiano Ronaldo com passagens por clubes como Sporting, Manchester United, Real Madrid, Seleção de Portugal e atualmente na Juventus, acumula quase 1000 jogos (958 partidas) e impressionantes 686 gols e 189 assistências na carreira até aqui. “CR7” ao longo da carreira alcançou marcas expressivas como Maior Artilheiro da História do Real Madrid e da Seleção de Portugal, além de vencer a Liga dos Campeões da UEFA cinco vezes: 2007/08 (Man United), 2013/14 (Real), 2015/16 (Real), 2016/17 (Real) e 2017/18 (Real), o Mundial de Clubes da FIFA quatro vezes: 2008 (Man United), 2014 (Real), 2016 (Real) e 2017 (Real), o Campeonato Espanhol duas vezes: 2011/12 e 2016/17, o Campeonato Inglês três vezes: 2006/07, 2007/08, 2008/09 e o Campeonato Italiano uma vez: 2018/19.

Eleito como Maior Futebolista do Mundo pela FIFA/Ballon d’Or por cinco vezes: 2008 (Man Utd), 2013 (Real), 2014 (Real), 2016 (Real) e 2017 (Real), além de artilharias em todas as competições das qual participou, tais como Campeonato Inglês, Campeonato Espanhol, Liga dos Campeões da Europa, Mundial de Clubes da FIFA, Artilheiro do Ano entre Seleções.

Cristiano Ronaldo conquistando sua quinta Champions League pelo Real Madri, antes de ir para a Juventus

 

Lionel Andrés Messi Cuccittini, nascido em Rosário, mudou cedo pra Espanha, e encanta desde as categorias de base, até os dias de hoje. O “ET” só atuou profissionalmente pelo Barcelona e Seleção Argentina.

Foi integrado com apenas 16 anos no elenco principal dos “blaugrana” e desde então acumula números impressionantes, premiações e marcas absurdas e títulos grandiosos, tais como, Mundial de Clubes da FIFA três vezes: 2009, 2011 e 2015; Liga dos Campeões da Europa quatro vezes: 2005/06, 2008/09, 2010/11, 2014/15; Campeonato Espanhol dez vezes: 2004/05, 2005/06, 2008/09, 2009/10, 2010/11, 2012/13, 2014/15, 2015/16, 2017/18, 2018/19, além da conquista da medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim 2008 pela seleção sub-23 da Argentina.

Maior artilheiro da história do Barcelona e da Seleção Argentina. Individualmente foi eleito por cinco vezes como Maior Futebolista do Mundo pela FIFA/Ballon d’Or em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015, alem de ser artilheiro em todas competições que participou. Na carreira “La Pulga” tem incríveis 600 gols em 684 partidas, o que lhe confere uma média impressionante de gols por partida.

Registro do gol que Messi fez no Espanhol driblando todos os marcadores do Getafe, na semifinal da Copa do Rei em 2007. O gol mais bonito de todos os tempos do Barcelona

Edson Arantes do Nascimento “Pelé “, é o maior atleta do século XX, iniciou sua carreira profissional aos 15 anos, pelo Santos, o ano era 1956. Aos 17 anos vence sua primeira Copa do Mundo FIFA em solo europeu (Hassunda Stadium, Estocolmo, Suécia 1958) fazendo gol de placa na final e se tornando o primeiro atleta jovem a marcar na final e ser campeão mundial, recorde que perdura até os dias de hoje! Pelé teve uma carreira vitoriosa, brilhante e magnífica.

Venceu tudo que disputou, dentre seus feitos, podemos destacar as conquistas do Mundial de Clubes da FIFA 2 vezes: 1962 e 1963, Libertadores da América duas vezes: 1962 e 1963, Campeonato Brasileiro seis vezes: 1961, 1962, 1963, 1964, 1965 e 1968, pela Seleção Brasileira, três Copas do Mundo da FIFA: 1958, 1962 e 1970, e individualmente foi eleito Melhor Futebolista do Mundo pela FIFA/Ballon d’Or sete vezes: 1958, 1959, 1960, 1961, 1963, 1964 e 1970, mais de 1000 gols marcados ao longo de quase 2 décadas de carreira.

Além do reconhecimento em massa de maior atleta do mundo, por diversos órgãos e instituições renomadas tais como, a agência Reuters, France Footbal, BBC, L’équipe, Onu, IFHHS e até a comenda/condecoração de cavaleiro comandante da ordem do imperio britânico, entregue pelas mãos da Rainha Elizabeth II, reconhecimento pelos feitos do Rei ao futebol. Os números de Pelé são indiscutíveis, o “Pérola Negra” tem 1.281 gols marcados em 1.363 partidas (o que o torna o maior artilheiro da história do futebol).

A verdade é que Cristiano Ronaldo e Messi, desfilam sozinhos como grandes craques disparados, pelo talento e técnica apurados, e suas apresentações fantásticas em alguns jogos que já arrancaram aplausos da torcida rival, entretanto ambos são questionados pela mídia e adeptos, por alguns “fiascos” em seus selecionados, ou como é comumente dito nas redes sociais, eles “amarelam” em alguns jogos decisivos por suas seleções. Porém isso não desabona a carreira brilhante desses 2 gigantes do futebol mundial.

Derrotas fazem parte da história de um grande atleta vencedor, mas, tirar de Pelé o status de maior atleta do mundo, é necessário entre outras coisas superar seus feitos e números. A discussão é considerada por alguns como vazia, pois o debate entre grandes craques do futebol, sempre tem divergências e opiniões contrárias.

Messi e Cristiano Ronaldo ainda jogam em alto nível e tem tudo pra superar algumas marcas e realizar grandes feitos. Para os comparadores, fica a imaginação de como seria se esses três monstros consagrados atuassem na mesma época, como seria. E você o que acha? Messi e Cris superaram Pelé como Maior Atleta do Mundo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *